Publicado em Deixe um comentário

Escola Dominical fortalece crianças de países islâmicos

Crianças fortalecidas pela escola dominical em países perseguidos pelo islamismo. A importância da Escola Dominical para crianças e adolescentes

Crianças da Indonésia sofrem perseguição e são ridicularizadas na escola por seguirem a Jesus. Professores da Escola Dominical têm recebido treinamento para fortalecer crianças a testemunharem de Cristo.

Os primeiros cinco anos de uma criança são fundamentais para sua construção enquanto ser humano. Por isso, ensinar a criança no caminho que deve andar é fundamental, e a Escola Bíblica Dominical cumpre uma importante função no desenvolvimento infantil.

“Essa informação é crucial em meu papel não apenas como professora de escola dominical, mas também como mãe”, conta Alda, uma das alunas do treinamento oferecido pela missão Portas Abertas. Alda é uma dos vários pais e professores de escola dominical com falta de conhecimento para criar os filhos e cultivar sua fé, preparando-os para possíveis perseguições em suas vidas.

Na Indonésia, como a maioria é muçulmana, mesmo as crianças enfrentam tempos difíceis sendo seguidoras de Cristo. Sua fé é com frequência questionada e ridicularizada por seus vizinhos e colegas de classe muçulmanos. Nas áreas mais islâmicas, estudantes chegam a ganhar notas mais baixas dos professores da escola apenas porque são cristãos.

Infelizmente, muitas igrejas em áreas remotas não tem um preparo apropriado e materiais que alimentem a fé das crianças. Isso tem resultado em crianças e jovens que se convertem ao islamismo para conseguir melhores empregos, educação ou até mesmo parceiros para a vida. Anos atrás, um pastor de uma ilha próxima a vila de Alda contou a história de uma vila cristã que se converteu ao islamismo por arroz, macarrão instantâneo e roupas usadas. “Mas eu percebi que somos parcialmente responsáveis. Nós não temos feito o suficiente para nutrir sua fé e vida”, ele disse.

Treinamento de professores de Escola Dominical

Uma ferramenta que tem sido utilizada pelos missionários para fortalecer as igrejas e as crianças da Indonésia é o treinamento de professores de Escola Bíblica Dominical. Com o treinamento específico, é possível preparar a igreja local para perseguição, treinando professores em áreas remotas e religiosamente hostis no país com lições do cristianismo e princípios bíblicos de perseguição adaptados para o público jovem.

O treinamento começou em 2016, em cinco províncias da Indonésia, já tendo alcançando mais de 530 professores. Três principais tópicos são abordados: como guiar crianças a Cristo, como ser um professor criativo e como preparar crianças para missões.

Para estar onde é preciso, a Portas Abertas teve muito trabalho. Isso significa atravessar florestas, montanhas e mares para chegar a vilas remotas. Muitas vezes também significou passar por risco de morte. Mas a jornada, apesar de perigosa, não foi em vão.

Os testemunhos dos participantes do treinamento mostraram que um pequeno passo no ministério infantil pode ser um grande salto para o futuro da igreja da Indonésia.


Com informações de Portas Abertas Brasil 

Publicado em Deixe um comentário

3 séries e filmes cristãos infantis na Netflix (2018)

Confira a lista de 3 filmes cristãos infantis para assistir na Netflix com seus filhos. O príncipe do Egito, José, o Rei dos Sonhos, VegeContos: Em casa, VegeContos: Na Cidade

Muitos filmes e séries da Netflix podem ser uma bênção para a vida de toda a família, inclusive para crianças. No texto de hoje, separamos para você uma lista de alguns desenhos cristãos infantis disponíveis na Netflix, atualizada em 2018.

A importância de filmes bíblicos para crianças

Ensinar a criança no caminho que deve andar também envolve assistir desenhos que sejam cristocêntricos e compatíveis com a palavra de Deus! Alguns dos itens da lista são filmes bíblicos em formato acessível para crianças, outros não falam de personagens específicos, mas trazem lições baseadas na palavra de Deus durante todos os episódios! Vale a pena conferir.

Confira a lista de 3 filmes cristãos infantis para assistir na Netflix com seus filhos

 

1. José, o Rei dos Sonhos

Provavelmente você já assistiu “José, o Rei dos Sonhos”, da Dreamworks. Esta animação bíblica conta a história de José, que causa a inveja de seus irmãos com o dom da interpretação dos sonhos. Uma grande história de um homem que andou no centro da vontade de Deus e não abandonou a fé mesmo em meio a provações. Uma grande indicação com valiosas lições bíblicas para crianças!

Confira um pouquinho do filme:

 

2. O príncipe do Egito

Esse também é um musical bíblico muito famoso, lançado em 1998 pela Dreamworks. “O príncipe do Egito” conta a história bíblica de Moisés e do fim da escravidão do povo hebreu no Egito. Um filme muito bonito e uma ótima maneira de familiarizar as crianças com a história bíblica. Além de grandes ensinamentos cristãos sobre dependência e fidelidade a Deus!

Assista uma cena clássica do filme:

VegeContos: na cidade e VegeContos: Em casa

Esse desenho cristão faz muito sucesso entre o público infantil! Mantendo sempre a temática cristã, seja contando histórias bíblicas ou cenas do cotidiano aplicando uma moral cristã, a série infantil passou por perseguição de grandes emissoras americanas e conseguiu espaço em serviços de streaming online, como a Netflix.

Os Vegetais está disponível na Netflix em VegeContos: na cidade, com duas temporadas e VegeContos: Em Casa, com quatro temporadas. Você também encontra na plataforma o filme Os Vegetais – Os Piratas que não fazem nada.

Os episódios do desenham duram em média vinte minutos e são uma opção rápida, engraçada e educativa nos moldes cristãos para crianças!

Assista o trailer do desenho:

Publicado em Deixe um comentário

Consciência Kids voltará a ter programação à tarde este ano

A Consciência Cristã Kids é um evento paralelo realizado durante as edições do “Encontro para a Consciência Cristã”, com atividades destinadas ao público infantil. Na programação é possível encontrar ministração da palavra, peças teatrais, pitstop de leitura, brincadeiras, oficinas entre outras atividades.

Em sua 16ª edição, o objetivo da Consciência Kids continua sendo o de ensinar aos pequeninos de forma lúdica e prazerosa como viver em conformidade com as Escrituras. Seguindo o tema central: “Edificados sobre a Rocha”, a linguagem utilizada é destinada a  faixa etária entre 4 e 12 anos.

Segundo Núbia Patrícia, coordenadora do evento, a principal mudança para a edição deste ano é a volta da programação no período da tarde das 14h30 às 16h30, que será realizado no Teatro Rosil Cavalcanti, ao lado do Centro Cultural de Campina Grande.

O Consciência Cristã Kids acontece entre os dias 8 e 13 de fevereiro. Nos dias 8 e 9 às 19h30, no Pavilhão Kids, na parte inferior do Parque do Povo. E nos dias 10 e 13 a partir das 9h da manhã. A entrada é gratuita, mediante inscrição no dia e local do evento, por responsáveis legais maiores de idade.

Para participar da 20ª edição do “Encontro para a Consciência Cristã”, faça a sua inscrição e confira a programação através do site: www.conscienciacrista.org.br.

Publicado em Deixe um comentário

Crianças, adolescentes e jovens têm programação especial na Consciência Cristã

Em sua 20ª edição, o Encontro Para Consciência Cristã, que será realizado entre os dias 8 e 13 de fevereiro do próximo ano, em Campina Grande, contempla mais uma vez, o público infantil, adolescente e jovem, com eventos realizados exclusivamente para as diferentes faixas etárias. Para ficar sabendo da programação e realizar a inscrição, basta acessar o site: www.conscienciacrista.org.br.

A 16ª Consciência Kids e a 3ª Consciência Cristã Jovem continuarão sendo em pavilhões montados no espaço do Parque do Povo, mas a 8ª Consciência Cristã Teen ganhou novo local e acontecerá no Teatro Municipal Severino Cabral. Os encontros jovens contarão com a participação de alguns preletores do evento, como Adauto Lourenço, Aurivan Marinho, José Bernardo, Heber Campos Jr e Renato Vargens.

A Consciência Cristã Kids começa já no primeiro dia do evento, com programação no Pavilhão Kids, que reúne crianças de 4 a 12 anos de idade. A coordenação do pavilhão conta com voluntários e até interpretes de Libras, que ensinam a palavra de Deus e realizam atividades lúdicas com músicas, teatro, histórias e muita diversão.

Para contemplar o público jovem, a organização criou há oito anos, o evento Consciência Teen destinada a pessoas entre 13 e 19 anos, mas depois resolveu reservar um espaço para os jovens e passou a realizar a Consciência Cristã Jovem há três anos, atendendo àqueles que não estão mais na adolescência e demandam uma linguagem diferenciada para a abordagem de temas que desafiam a juventude a viver em santidade.

De acordo com o diretor executivo da VINACC, Euder Faber Guedes Ferreira, “a  Consciência Cristã tem como objetivo atingir todos os públicos com a mensagem do Evangelho e por isso prepara programações especiais para que a mensagem de Deus seja pregada em todas as faixas etárias, conforme a linguagem mais adequada para eles”.

A 20ª Consciência Cristã é realizada pela VINACC e tem entrada gratuita, mas para participar das plenárias e os encontros paralelos na parte da tarde, devem fazer inscrição no site www.conscienciacrista.org.br. Os grupos formados por mais de 10 pessoas que tiverem interesse em se hospedar nos locais destinados às caravanas, devem se comunicar pelo email: caravanasvinacc@gmail.com.

Publicado em Deixe um comentário

Menina autista de 10 anos emociona milhares cantando “Hallelujah”

Kaylee de 10 anos, autista, emocionou milhares com sua voz ao solar a música adaptada pelo cantor Leonard Cohen “Hallelujah”.

Irlanda do Norte – No coral da escola em Donaghadee, Kaylee Rodgers interpretou a música “hallelujah”, na Irlando do Norte, informou BBC.

Com sua aveludada voz, Kaylee sempre participa do evento natalino da Primeira Igreja Presbiteriana, porém, em 2016 ela perdeu a voz e não pode assistir ao culto.

Em homenagem a Kaylee, o professor de música postou o vídeo filmado uma semana antes do natal nas redes sociais. No Youtube, o vídeo chegou a 800.000 visualizações e no Facebook, a apresentação tornou-se viral.

Em entrevista ao canal local, Kaylee disse que estava feliz de haver solado, mas ficou assustada com a repercurssão do vídeo. “Gostei muito”, disse a ITV.

A garota, que foi diagnosticada com autismo e transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH), começou a cantar de forma natural e para obter a confiança em si mesma, segundo “The Independent”.

Kayleen estuda na escola Killard Camara desde os 4 anos, e sentiu-se a vontade para fazer parte da apresentação Llyod Scates. “Ela sempre gostou de cantar, mas nunca queria ir às aulas em Killard”, disse Tracy Rodgers, mães de Kaylee.

A versão da música cantada foi gravada pela banda de rock “Cloverton”, e fala do nascimento de Cristo e a mensagem do Evangelho.

 

Com informações BTN
Imagem: reprodução web

Publicado em Deixe um comentário

Vídeo emocionante mostra crianças sírias fazendo apelo por resgate em Aleppo

Uma mensagem de vídeo emocionante mostra crianças de um orfanato em Aleppo, na Síria, fazendo um apelo para serem resgatadas da cidade. Cerca de 30 meninos e meninas com idades entre 10 e 13 anos aparecem na gravação, usando chapéus e roupas de inverno, enquanto um menina faz uma declaração.

“Meu nome é Jasmine Kaimouz e tenho 10 anos de idade. Estou com 47 outras crianças, eles são como meus irmãos e irmãs. Esta pode ser a última vez que você vai me ver ou me ouvir. Os aviões estão lançando ataques aéreos… em nome dos direitos humanos e dos direitos da criança esperamos que eles nos tirem de Aleppo. Não podemos sair porque temos medo das bombas. Esperamos que eles possam nos tirar daqui. Queremos viver como o resto do mundo. Queremos paz. Desejamos viver”, diz a menina.

Segundo o jornal britânico “Independent”, as imagens surgiram na quarta-feira à tarde antes de um acordo de cessar-fogo. A operação foi brevemente interrompida após os Capacetes Brancos relatarem que um dos seus trabalhadores tinha sido baleado e morto e três outros ficaram feridos por uma milícia pró-governo que tentava limpar o caminho para as ambulâncias passarem.

Com informações Extra
Imagem: Reprodução

Publicado em Deixe um comentário

Garoto de 6 anos pede que pastor pregue em seu aniversário para amigos `conhecerem Jesus´

Mais de 15 crianças e adultos aceitaram a Cristo na festa de aniversário do pequeno Jacoby.

ORLANDO, E.U.A. -Um garotinho de seis anos surpreendeu seus pais com um pedido inusitado para sua festa de aniversário: além de estar fantasiado de Batman, ele queria que seus amigos tivessem a oportunidade de ouvir sobre o Evangelho de Jesus Cristo.

De acordo com os pais de Jacoby, que vivem em Orlando, nos Estados Unidos, o garoto pediu a presença do pastor Peter Vandenberg, ligado a um ministério que a família faz parte.

“Então eu perguntei: por que você quer convidar ele? Despreocupadamente, ele respondeu: porque eu quero que ele pregue o Evangelho em minha festa de aniversário”, disse Megan, mãe do menino, ao site CBN News.

“E por que você quer que ele faça isso?”, Megan continuou perguntando. “Jacoby respondeu que ele queria que todos os seus amigos que não conhecem a Jesus entrassem em Seu Reino e O conhecessem da mesma forma que Jacoby O conhece. Ele queria que Peter, obviamente, cortasse o bolo de aniversário também. Ele tinha tudo planejado e estava muito animado”, conta a mãe.

Jacoby confirmou o relato da mãe: “eu queria que Peter Vandenberg contasse para todas as pessoas que não conhecem Jesus”, disse ele. “Muitas pessoas aceitaram a Jesus”.

O desejo de Jacoby em seu aniversário foi concedido e o pastor concordou em pregar o Evangelho na festa. Segundo Rob, pai do garoto, mais de 15 crianças e adultos aceitaram a Cristo.

“Eu senti que o seu pedido foi muito mais do que apenas ver o Evangelho sendo pregado em sua festa, mas foi um sinal das grandes coisas que viriam e como o Senhor tem marcado Jacoby para ser um líder em sua geração”, avalia Rob.

“Nós sentimos que quando o Evangelho foi pregado, o Senhor usou esta oportunidade para marcar outras crianças de cinco, seis, sete anos de idade, vestidas com suas roupas de super-heróis e capas… Para também serem líderes de sua geração”, ele acrescentou.

Além de organizar um momento de evangelismo em sua festa, Jacoby distribuiu Bíblias para seus amigos da escola. O garoto escreveu o nome de seus amigos na capa, junto com a data. Uma tag com a frase “Jesus é seu herói número 1” foi aplicada em cada Bíblia.

Rob acredita que a fé de Jacoby é uma lição para todos. “Ele me incentiva todos os dias. Nas Escrituras lemos vários trechos onde Jesus fala sobre as crianças e sobre termos uma fé ‘infantil’. Esta situação com a festa de aniversário realmente me mostrou isso e me desafiou”, disse ele.

“Quando Jacoby me pediu isso para a festa dele, ele me desafiou como pai, nos desafiou como uma família”, continuou Rob. “Eu acho que, às vezes, o Senhor faz essas pequenas coisas em nossas vidas para a gente nunca perder o foco no que realmente importa: as almas. A razão de estarmos aqui é pelas almas”.
Com informações CPAD News
Imagem: Reprodução

Publicado em Deixe um comentário

Parque temático do Irã ensina crianças a “lutarem contra Israel”

O parque ganhou o nome de “Cidade dos Jogos para Crianças Revolucionárias” e ensina os pequenos a dispararem balas de plástico contra uma estátua do primeiro-ministro de Israel.

Um novo parque temático foi aberto pelo governo iraniano, onde as crianças aprendem a se tornar “soldados revolucionários” e a lutar contra as nações que são “inimigas” de seu país, como por exemplo: Israel.

Crianças a partir de oito anos de idade já são autorizadas a vestir uniformes militares e “lutar em batalhas” contra países como os Estados Unidos e Israel na nova atração na cidade de Mashad.

O parque ganhou o nome de “Cidade dos Jogos para Crianças Revolucionárias”.

As crianças que visitam o parque e querem participar da “brincadeira” são divididas em “esquadrões” de até 10, segundo os relatórios do jornal ‘World Tribune’ e passam por 12 etapas – incluindo seções dedicadas à guerra entre Irã e Iraque, defendendo santuários sagrados e caminhando pelos campos minados.

As crianças também aprendem sobre a batalha na Síria contra o Estado Islâmico e jogam bolas em estátuas de militantes do grupo terrorista.

Segundo o jornal ‘The Sun’, as crianças também são encorajadas a disparar balas de plástico contra uma estátua do primeiro-ministros de Israel, Benjamin Netanyahu.

Entre os “locais sagrados” que as crianças são obrigadas a “salvar” estão o Santuário de Zaynab, em Damasco (Síria).

O parque também ensina as crianças sobre líderes iranianos, incluindo o Ayatollah Ruhollah Khomeini, que fundou a República Islâmica no país.

O chefe do parque temático, Hamid Sadeghi disse: “Na estação final, as crianças aprendem que os elementos mais importantes para alcançar a vitória são sabedoria e inteligência para combater o inimigo”.

Falando à Raja News no Irã, ele disse que o parque tem atendido a uma “grande demanda”.
Discurso de ódio
As provas de ameaças do Irã contra Israel são consideravelmente mais antigas que a criação deste parque temático infantil.

Recentemente, um comandante do exército iraniano afirmou que Israel será destruído nos próximos dez anos, como resultado das novas revoluções islâmicas na região.
Com informaçoes Guiame
Imagem: Raja News – Memri

Publicado em 3 comentários

Pais escolhem nome neutro para uma criação sem estereótipo de gênero

A educadora Mariana Vieira Carvalho, 29, ao lado de Raul Almeida Carvalho, 31, decidiu que a neutralidade tinha de vir desde o nome de registro então, quis um nome que soasse neutro. “Foi difícil porque não há muitas opções contemporâneas. E a gente teve o cuidado de não colocar nenhum nome que pudesse causar um constrangimento futuro.”

O nome escolhido foi Mica, e apenas os pais biológicos e os cuidadores sabem o sexo. Mica tem dois anos e um dia, a criança sai com um vestido rosa cheio de babados e, no seguinte, com um bermudão azul. Fora o visual, nem mesmo o nome de Mica entrega seu gênero de nascimento.

Mariana não se identifica nem como mulher nem como homem –apesar de não se importar de ser tratada no feminino ou no masculino. Por isso, quando descobriu que estava grávida, decidiu optar por uma criação de gênero neutro. O fator pessoal, no entanto, não deixou a situação mais fácil.

“A gente ainda fica muito preso nessa binariedade. Tanto que, quando vi o sexo na ultrassonografia, comecei a pensar em nomes para a criança vinculado a um gênero”, afirma Mariana.

O professor Breno Rosostolato da Faculdade Santa Marcelina, também terapeuta sexual, em São Paulo, apoia e diz nomear uma criança com um termo que não entregue o sexo de nascimento ajuda a criar uma pessoa mais livre dos estereótipos de gênero, mas não é o bastante.

“A criança precisa ter condições de se representar do jeito que ela quiser e principalmente ter essa representação respeitada”, fala Rosostolato.

O especialista diz que, aos cinco anos, uma pessoa já tem compreensão de si para se dizer homem ou mulher. “E se a criança cresce em um ambiente que respeita essa expressão dela por um gênero, isso dá forças para enfrentar preconceitos. A criança eventualmente vai sofrer, mas com o apoio dos pais tudo se torna mais fácil.”

Para criar esse ambiente mais acolhedor, não é necessário nem mesmo entrar na discussão sobre gênero. Basta ensinar que não importa se é menino ou menina ninguém é melhor do que ninguém.

Para Marisa Lobo, psicologa e especialista em Direitos Humanos, as bases da ideologia de gênero buscam a desconstrução social, religiosa e sexual.

“Eles querem dizer que a heterossexualidade não existe, que ela não é normal e que é uma ‘norma imposta’, ‘compulsória’. Isto é dito pelos livros que advogam em favor da ‘Teoria Queer’ de desconstrução. Esta é uma teoria sobre a qual todos deveríamos saber. Ela desconstrói a fé, desconstrói Deus, desconstrói a sexualidade, a sociedade”, apontou Marisa Lobo.

Com Informações Uol
Imagem: Marcos Peron/Uol

Publicado em Deixe um comentário

10 fatos bíblicos sobre crianças

1- Filhos são um presente de Deus

Quanto aos seus filhos, eles são herança do SENHOR: o fruto do ventre é um presente de Deus. Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade. (Salmos 127:3-4)

2- Nós somos responsáveis por ensinar nossos filhos

Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele. (Provérbios 22:6)

E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-se e levantando-te. (Deuteronômio 6:6-7)

3- Nós damos um grande presente aos nossos filhos quando os ensinamos sobre Deus

Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido, e que desde a tua meninice sabes as Sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. (2 Timóteo 3:14-15)

4- Deus ama nossos filhos e tem planos para eles desde antes de seu nascimento

Tu formaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Graças Te dou pela maneira extraordinária como fui criado! Pois Tu és tremendo e maravilhoso! Sim, minha alma o sabe muito bem. Meus ossos não Te eram encobertos, quando fui formado ocultamente e tecido nas profundezas da terra. Teus olhos viram o meu embrião, e em Teu livro foram registrados todos os meus dias; prefixados, antes mesmo que um só deles existisse! (Salmos 139:13-16)

5- Jesus valorizou as crianças

Entretanto, quando os chefes dos sacerdotes e os escribas viram as maravilhas realizadas por Jesus, e as crianças exclamando no templo: “Hosana ao Filho de Davi!”, revoltaram-se e indagaram d’Ele: “Não ouves o que estas crianças estão proclamando?” Ao que Jesus lhes respondeu: “Sim. E vós, nunca lestes: ‘Dos lábios das crianças e dos recém-nascidos suscitaste louvor’”.

Tende cuidado para que não desprezeis a qualquer destes pequeninos; pois Eu vos asseguro que seus anjos nos céus veem continuamente a face de meu Pai celestial. (Mateus 18:10)

E, conduzindo uma criança, colocou-a no meio deles e, tomando-a nos braços, revelou-lhes: “Quem recebe uma destas crianças, por seu meu seguidor, do mesmo modo estará a mim recebendo; e qualquer que me recebe, não está apenas me recebendo, mas igualmente Àquele que me enviou”. (Marcos 9:36-37)

6- Jesus usou crianças como um exemplo a ser seguido pelos adultos

“Com toda a certeza vos asseguro: aquele que não receber o Reino de Deus como uma criança, jamais terá acesso a Ele”. Em seguida, abraçou as crianças, impôs-lhe as mãos e as abençoou. (Marcos 10:15-16)

7- Somos responsáveis pelo discipulado dos nossos filhos

Corrige o teu filho, e ele te dará descanso; trará delícias para ti. (Provérbios 29:17)

8- Não podemos frustrar nossos filhos

E vós, pais, não provoqueis a ira dos vossos filhos, mas educai-os de acordo com a disciplina e o conselho do SENHOR. (Efésios 6:4)

9- Deus usa crianças em Seu Reino

Pela boca das crianças e dos recém-nascidos instruíste os sábios e poderosos, silenciando os inimigos e maldosos, porque são adversários Teus. (Salmos 8:2)

10- Crianças são lembradas para obedecer e respeitar seus pais

Filhos, obedecei a vossos pais no SENHOR, porquanto isto é justo. “Honra a teu pai e tua mãe”; este é o primeiro mandamento com promessa, para que vivas bem e tenhas vida longa sobre a terra. (Efésios 6:1-2)


Com informações CBN News
Tradução: Bruno Bonete
Versão King James