Publicado em Deixe um comentário

Ensino Superior: confira o calendário do Enem, SiSU, Fies e Prouni – 2019


Com o início do ano novo, crescem a es expectativas dos estudantes estão em busca de uma vaga no ensino superior. Além dos processos seletivos das faculdades e universidades, a divulgação do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece em 18 de janeiro de 2019, é um dos motivos de ansiedade: diversos programas de acesso ao ensino superior adotam a nota como critério de seleção. Saiba mais sobre o exame e confira as datas importantes:Continua depois da publicidade


Enem 

A última edição, que aconteceu entre os dias 04 e 11 de novembro, teve cerca de 5,5 milhões de inscritos no Enem 2018. Na ocasião, foram 1.374.430 ausentes no primeiro dia (24,9) e 1.610.681 (29,2%) no segundo dia. Todos os estudantes que compareceram aguardam o resultado e terão a opção de participar dos seguintes programas: 

•    Sistema de Seleção Unificada (SiSU), adotado como um dos processos seletivos para ingresso em universidades, faculdades e Institutos Federais públicos e gratuitos do país. Em geral, a grande concorrência requer bom desempenho no exame. 

•    Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), adotado por instituições privadas para cursos não-gratuitos. O programa concede empréstimos e é composto pelas modalidades Fies, com juros zero ofertado pelo Governo Federal, e o P-Fies, cujos juros são estabelecidos por agentes financeiros.

 •    Programa Universidade para Todos (Prouni), adotado por instituições privadas para cursos não-gratuitos. Difere do Fies por conceder bolsa de estudo integral, com 100% de desconto nas mensalidades, e também parcial (50%).

O estudante pode ainda se inscrever em processos seletivos de 37 universidades de Portugal que aceitam a nota do Enem. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), mais de 1,2 mil pessoas já foram beneficiadas com o convênio firmado entre os governos brasileiro e português. 

SiSU 2019

SiSU 2019 ofertará 235 mil vagas no primeiro semestre em 129 instituições de ensino brasileiras. A inscrição é gratuita e acontece entre 22 e 25 de janeiro de 2019, exclusivamente na página da seleção. Podem participar estudantes que fizeram o Enem e tiveram nota maior do que zero na redação. Confira o calendário do SiSU 2019.1:


•    Inscrição: entre 22 de janeiro e 25 de janeiro
•    Resultado: 28 de janeiro
•    Lista de espera: entre 28 de janeiro a 4 de fevereiro
•    Matrícula: 30 de janeiro a 4 de fevereiro

A edição 2018.1 ofertou em 239.716 vagas no SiSU para 2.117.908 inscritos. Foram registradas 4.122.654 inscrições no total – cada estudante escolheu até duas opções de vagas. Continua depois da publicidade

Confira o edital do SiSU.

Prouni

As bolsas de estudo do Prouni contemplam estudantes com descontos integrais (100% na mensalidade) e parciais (50%). As inscrições acontecem entre 29 de janeiro e 1º de fevereiro. O estudante contemplado com a bolsa parcial pode também contratar o Fies para pagar o restante da mensalidade. Confira abaixo o calendário do Prouni 2019:

•    Inscrições: 29 de janeiro de 2019 até 1º de fevereiro
•    Resultado
Primeira chamada: 4 de fevereiro
Segunda chamada: 18 de fevereiro

•    Comprovação de informações
Primeira chamada: de 4 a 12 de fevereiro
Segunda chamada: de 18 a 25 de fevereiro

•    Lista de espera
Inscrição: 7 e 8 de fevereiro
Resultado: 11 de março
Comprovação de informações: 12 a 13 de março

Confira o edital do Prouni

Fies 2019

O financiamento estudantil prevê aproximadamente 100 mil vagas e as inscrições para o primeiro semestre acontecem entre 05 e 12 de fevereiro. Para se inscrever no Fies 2019 é necessário ter idade mínima de 450 pontos e nota acima de zero na redação. Não serão aceitas inscrições anteriores a 2010. Os mesmos critérios são fixados para o P-Fies. Confira abaixo o calendário do Fies 2019:

•    Inscrições: 05 a 12 de fevereiro
•    Resultados: 18 de fevereiro 
•    Complementação das inscrições: 19 a 25 de fevereiro
•    Lista de espera: 20 de fevereiro a 31 de março (a modalidade P-Fies não tem lista de espera)
•    Convocação da lista de espera: Ainda não divulgado

Confira o edital do Fies

Da Redação: Visão Cristã
Com informaçao com o Estado de Minas

Publicado em Deixe um comentário

Inep é notificado de decisão que suspende regra sobre direitos humanos no Enem

Uma decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) determinou a suspensão da regra prevista no edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que diz que quem desrespeitar os direitos humanos na prova de redação pode receber nota zero. A prova de redação do Enem será aplicada a mais de 6 milhões de candidatos neste domingo (5), em todo o País.

A decisão foi tomada em caráter de urgência a pedido da Associação Escola Sem Partido. No pedido feito ao TRF1, a entidade diz que a regra é uma “punição no expressar de opinião”. “Ninguém é obrigado a dizer o que não pensa para poder ter acesso às universidades”, argumentou a Associação Escola Sem Partido.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foi notificado da decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) que determinou a suspensão da regra que diz que quem  desrespeitar os direitos humanos na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio pode receber nota zero.

A assessoria de imprensa do Ministério da Educação (MEC) confirmou à Agência Brasil que o órgão foi notificado nesta quarta-feira (1º) à noite e deve recorrer o mais rápido possível. A Advocacia-Geral da União (AGU) informou que aguarda a publicação do inteiro teor do julgamento do TRF1 para analisar o recurso cabível. A prova de redação do Enem será aplicada a mais de 6 milhões de candidatos neste domingo (5).

A decisão judicial foi tomada em caráter de urgência a pedido da Associação Escola Sem Partido. A entidade alega que a regra é uma “punição no expressar de opinião”. “Ninguém é obrigado a dizer o que não pensa para poder ter acesso às universidades”, argumentou a Associação Escola Sem Partido.

O MEC reafirmou em nota que todos os seus atos são balizados pelo respeito irrestrito aos direitos humanos, conforme a Declaração Universal dos Direitos Humanos, consagrada na Constituição Federal Brasileira. A recomendação do ministério é que os candidatos sigam as regras do edital.

Texto ampliado às 20h30 para acréscimo das informações da AGU

Por: Gomes Silva
Redação: Consciência Cristã News
Com informações da Agência Brasil