Publicado em Deixe um comentário

Escola Dominical fortalece crianças de países islâmicos

Crianças fortalecidas pela escola dominical em países perseguidos pelo islamismo. A importância da Escola Dominical para crianças e adolescentes

Crianças da Indonésia sofrem perseguição e são ridicularizadas na escola por seguirem a Jesus. Professores da Escola Dominical têm recebido treinamento para fortalecer crianças a testemunharem de Cristo.

Os primeiros cinco anos de uma criança são fundamentais para sua construção enquanto ser humano. Por isso, ensinar a criança no caminho que deve andar é fundamental, e a Escola Bíblica Dominical cumpre uma importante função no desenvolvimento infantil.

“Essa informação é crucial em meu papel não apenas como professora de escola dominical, mas também como mãe”, conta Alda, uma das alunas do treinamento oferecido pela missão Portas Abertas. Alda é uma dos vários pais e professores de escola dominical com falta de conhecimento para criar os filhos e cultivar sua fé, preparando-os para possíveis perseguições em suas vidas.

Na Indonésia, como a maioria é muçulmana, mesmo as crianças enfrentam tempos difíceis sendo seguidoras de Cristo. Sua fé é com frequência questionada e ridicularizada por seus vizinhos e colegas de classe muçulmanos. Nas áreas mais islâmicas, estudantes chegam a ganhar notas mais baixas dos professores da escola apenas porque são cristãos.

Infelizmente, muitas igrejas em áreas remotas não tem um preparo apropriado e materiais que alimentem a fé das crianças. Isso tem resultado em crianças e jovens que se convertem ao islamismo para conseguir melhores empregos, educação ou até mesmo parceiros para a vida. Anos atrás, um pastor de uma ilha próxima a vila de Alda contou a história de uma vila cristã que se converteu ao islamismo por arroz, macarrão instantâneo e roupas usadas. “Mas eu percebi que somos parcialmente responsáveis. Nós não temos feito o suficiente para nutrir sua fé e vida”, ele disse.

Treinamento de professores de Escola Dominical

Uma ferramenta que tem sido utilizada pelos missionários para fortalecer as igrejas e as crianças da Indonésia é o treinamento de professores de Escola Bíblica Dominical. Com o treinamento específico, é possível preparar a igreja local para perseguição, treinando professores em áreas remotas e religiosamente hostis no país com lições do cristianismo e princípios bíblicos de perseguição adaptados para o público jovem.

O treinamento começou em 2016, em cinco províncias da Indonésia, já tendo alcançando mais de 530 professores. Três principais tópicos são abordados: como guiar crianças a Cristo, como ser um professor criativo e como preparar crianças para missões.

Para estar onde é preciso, a Portas Abertas teve muito trabalho. Isso significa atravessar florestas, montanhas e mares para chegar a vilas remotas. Muitas vezes também significou passar por risco de morte. Mas a jornada, apesar de perigosa, não foi em vão.

Os testemunhos dos participantes do treinamento mostraram que um pequeno passo no ministério infantil pode ser um grande salto para o futuro da igreja da Indonésia.


Com informações de Portas Abertas Brasil 

Publicado em Deixe um comentário

Cristãos da Indonésia temem aumento da perseguição islâmica

50.000 muçulmanos se manifestaram em Yakarta contra uma suposta “blasfêmia” do governador cristão, Basuki Ahok Thahaja Purnama. Segundo fontes do país, a pressão islâmica aumentou.

O grupo islâmico radical “Frente de Defesa Islâmico” (FPI), organizou na última sexta-feira um protesto massivo na capital da Indonésia para exigir o processo criminal do governador de Yakarta, Basuki “Ahok” Thahaja Purama, por acusações de “blasfêmia” contra o Corão.

Desde quinta-feira, o diário The Jakarta Post informou que milhares de pessoas da capital e outras cidades se reuniram na Mesquita Istiqlal de Yakarta Central para se prepararem para a manifestação.

21.000 policiais foram deslocados para proteger o centro da cidade. Cento de mulheres oficiais com hijab pararam em frente ao palácio com a esperança de acalmar os manifestantes.

A polícia disse que umas 50.000 pessoas participaram da manifestação.
Muitos gritavam, “Morte a Ahok por insultar o Islã”, e “Somente Alá pode perdoar Ahok! Nós não”!

A manifestação fechou o centro de Yakarta e parou o transito.

Quem é o governador cristão?

O governador de Yakarta, Ahok, é um cristão, indonésio de ascendência chinesa, num país onde a maioria da população é muçulmana.

Os chineses étnicos representam aproximadamente 1% da população da Indonésia. Ahok é aliado do Partido do presidente Joko Widodo e foi seu assessor quando Widodo era governador de Yakarta. Ahok sempre foi o favorito dos eleitores para as próximas eleições em 2017.

Os islâmicos dizem que Ahok, não deve administrar uma cidade onde a maioria da população é muçulmana, já que ele é descendente de chineses e cristão.
Segundo CNN, estes grupos radicais citaram anteriormente um verso do Corão, que adverte contra os muçulmanos que se aliam aos cristãos.

Estima-se que os muçulmanos da Indonesia são de medida moderada e uma das maiores organizações islâmicas do país, Nahdlatul Ulama, aconselhou aos 40 milhões de membros que participem do protesto.

Ahok estuda bíblia todos os dias

Uma fonte indonésia, contou que Ahok é um cristão convicto: “Ele crê em Jesus Cristo, lê e estuda sua bíblia todos os dias e encontra ali está sua fonte de força”.
“É direto, valente, cuida dos pobres, inteligente e sobre tudo é filho de Deus”. Lutou contra a corrupção, aumentou o nível de vida e fez muitas outras iniciativas. As pessoas o amam. Mas ao cumprir com seu trabalho, fez muitos inimigos. Seus inimigos tentam qualquer coisas com ameaças de morte, o submeteram ao julgamento de todo tipo de acusações e inclusive fizeram abertamente feitiços de magia negra contra ele.”

Esta fonte, também conta que os cristãos temem que intolerância se intensifique no país. “Os meios de comunicação social tem fotos dos muçulmanos que trabalham de casa em casa nos últimos dias tentando identificar onde estão as casas dos cristãos para prepara um lista de objetivos”, acrescentou.

Orem para que Deus proteja os cristãos

Os cristãos da Indonésia pedem oração, para que “Deus proteja suas igrejas e aos cristãos em Yakarta e Indonésia a medida que a ameaça se estende por toda a nação”.

“Oremos para que Deus proteja a minoria dos chineses que no passado foram alvo de violência”, e que “o presidente Jokowi, que está tentando manter a ordem, seja capaz de acalmar os líderes muçulmanos e manter a paz e ordem”.

Com informações Evangelical Fokus e Protestante Digital
Tradução: Jonara Gonçalves
Imagem: Jakarta Post